Acesso Rápido

JUNTOS SOMOS MAIS!

Empresários não admitem troca da Magirus

Representantes da Associação Comercial e Industrial de Rondonópolis e empresários locais estão vigilantes para garantir a permanência do caminhão com a escada Magirus do 3º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Rondonópolis, que será levado nesta segunda-feira (8) para Cuiabá, onde vai passar por uma suposta manutenção. Antes de ser levada para a manutenção, a Magirus será exibida no desfile do 7 de Setembro, que ocorre hoje, na Avenida Amazonas.

“O nosso medo é que o equipamento de Rondonópolis seja trocado por outro inferior que está na Capital. Defenderemos que a escada Magirus local receba manutenção e volte para Rondonópolis. A sociedade rondonopolitana não aceitará a troca. Estaremos vigilantes, inclusive com fiscalização para garantir a permanência do nosso equipamento”, avisa o presidente da Acir, Luiz Fernando Homem de Carvalho, o Luizão.

A reportagem do A TRIBUNA apurou que, em Cuiabá, existe uma escada Magirus de 54 metros de altura, do mesmo ano e modelo da de Rondonópolis e outra inferior da marca Cimasa, de 37 metros. A preocupação da sociedade local é de que a escada da Magirus seja substituída pela Cimasa ou mesmo pela Magirus de Cuiabá que já não possui um estado de conservação igual a de Rondonópolis devido as ocorrências atendidas na capital.

Ontem, o comandante local do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Alcides Domingues de Oliveira reiterou que o que vai ocorrer é uma troca provisória, uma vez que a escada Magirus local atingiu um total de horas de uso e precisa receber manutenção que é feita em Cuiabá. Enquanto ocorre a manutenção, a escada Magirus de Cuiabá do mesmo ano e modelo seria enviada para Rondonópolis. Segundo informou o comandante, a escada Cimasa, de 37 metros, será enviada para atender um município do norte do estado. “A manutenção do nosso equipamento será feita em Cuiabá porque só lá existe o técnico especializado para o serviço. Além disso, o técnico não poderá ser enviado para Rondonópolis por questões administrativas do Estado, como licitação”, informou o comandante.

Na cidade, circula a informação de que o equipamento seria retirado em definitivo de Rondonópolis. Empresários, liderados pela Associação Comercial e Industrial de Rondonópolis (Acir) já estavam programando para ontem uma manifestação para impedir a retirada do equipamento. Porém, o presidente da Acir, Luiz Fernando Homem de Carvalho, o Luizão, foi tranquilizado pelo comandante do Corpo de Bombeiros.

Em Rondonópolis, a escada Magirus já teve seu grande momento de combate a incêndio, como o ocorrido no dia 20 de julho de 2009. Sinistro de grandes proporções, motivado provavelmente por um curto circuito na fiação elétrica, que destruiu completamente duas lojas no centro da cidade, localizadas na avenida Marechal Rondon.

A escada Magirus é a última palavra em auto-escadas do mundo. Ela foi adquirida pelo Governo do Estado no ano de 2008. Com alcance de 54 metros, a mais alta fabricada no mundo, equipada com cesto e elevador. Foi fabricada por uma empresa alemã Magirus Deutz, na cidade de Ulm. O equipamento é para o combate de incêndios de grandes proporções e altura como edifícios para salvar vítimas e elevar esguichos com grande volume de água no combate às chamas.

Gostou do Contéudo? Compartilhe
Venha para o time ACIR!

TORNE-SE UM ASSOCIADO

SEJA UM ASSOCIADO DA ACIR E FAÇA PARTE DESTE GRUPO DE EMPRESÁRIOS COM ACESSO A DIVERSAS BENEFÍCIOS E SERVIÇOS DIFERENCIADOS.

Contrate por Fone

(66) 3439-8000

Veja Também

Post Relacionados

Solicite um contato agora e

Venha ser Associado

Aproveite os inúmeros benefícios para você e sua empresa!

SEJA UM ASSOCIADO DA ACIR E FAÇA PARTE DESTE GRUPO DE EMPRESÁRIOS COM ACESSO A DIVERSAS BENEFÍCIOS E SERVIÇOS DIFERENCIADOS.